segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Dinheiro e Espiritualidade, Será Que São Incompatíveis?








Muitas crenças, que em sua maioria tem origem em interpretações equivocadas de religiões e filosofias espiritualistas, geram um conflito na relação entre o dinheiro e espiritualidade.








O Mestre Nunca Faz Coisa Alguma



Amado Osho,
Somente agora eu descobri que a relação mestre-discípulo é na verdade um encontro de mão dupla, no qual o discípulo precisa responder abertamente ao mestre, para que o mestre possa fazer o seu trabalho.
Eu mesmo, ao contrário, tenho sempre observado passivamente, mantido uma distância e tirado minhas próprias conclusões. Por favor comente.




quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Relacionamento: Continuar ou Terminar?

Outro dia, recebi um e-mail dizendo o seguinte: "Estou em um relacionamento há alguns anos e não sei se devo continuar. Por ele ser bom e fiel e ficar comigo do jeito que sou, se sujeitando à relação a todo o custo, isso me transmite segurança. Meus sentimentos se confundem a todo instante. Fico presa no medo, na insegurança, achando que sou exigente demais. Acho uma sacanagem minha, pois ele se mantém passivo, respeitando o meu tempo. Não aguento mais esse conflito... mesmo com terapia, chego a uma conclusão e depois não sustento..."

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

A Religião Autêntica é Sempre Individual


A religião é a suprema realização do homem. Além da religião, nada existe – mas também não há necessidade.

Seu ser é tão pleno, transborda tanta benção, silêncio, paz, compreensão, êxtase, que pela primeira vez a vida se torna realmente uma canção, uma dança, uma celebração.

Aqueles que não conhecem a religião, não conhecem a celebração. Mas a religião organizada é algo totalmente diferente.


terça-feira, 24 de setembro de 2013

Procurar ou Não Por Um Mestre Vivo


Osho,
As vezes você diz coisas insensatas nos seus discursos. Como você pode nos dizer para procurar um mestre vivo se você morrer? Você sabe perfeitamente bem que estamos casados pela eternidade.

Se você está tentando escapar desse casamento, isto é muito mal: não há divórcio disponível para deuses! Esteja certo que iremos procurá-lo em todos os lugares, em cada pedra ou flor, em cada olhar e estrela...


segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Doce Pesar




"A solidão traz em si algo de tristeza, algo de pesar, e mesmo assim uma profunda paz e silêncio. Tudo depende de como você olha para ela.





Sem diversão, não há coração que resista!


Tem gente que sente muito orgulho de mostrar o quanto é séria, honesta, comprometida e disposta a fazer o certo! Muito bom, com certeza! Relacionar-se com pessoas assim certamente é mais tranquilo. Não fica pairando no ar aquela insegurança e a sensação de que, a qualquer momento, a instabilidade vai se revelar e você pode se dar mal... de novo!


Porém -e muito porém mesmo- há uma enorme diferença entre ser uma pessoa equilibrada e ser uma pessoa tensa, inflexível, cheia de regras e pronta para criticar o que não se encaixa em sua suposta perfeição. Pessoas assim tendem a ser, inclusive, pessimistas. Têm a estranha mania de desconfiar de tudo e de todos e de acreditar que se algo pode dar errado, vai dar! Devem ser as tais criadoras da Lei de Murphy.

Amor combina mais com alegria. Afeto combina mais com leveza. Sexo combina mais com prazer e vontade. Encontro amoroso combina mais com diversão. Tudo isso tem a ver com felicidade e não necessariamente com disputa de poder, desconfiança, insegurança, mentiras, ofensas, discussões intermináveis e repetitivas. Poucas situações são mais cansativas do que conviver com alguém que está, a maior parte do tempo, com cara feia, mau-humor e raiva.

Flua com a vida



Flua com a vida. Para onde quer que o fluxo da sua vida flua, onde quer que você sinta alegria e felicidade, vá fluindo nessa direção. A felicidade é o critério.

O rio Ganges flui em direção ao leste, o rio Narmada flui em direção ao oeste. Se por acaso acontecesse de eles se encontrarem no meio do caminho seria um grande problema, porque o Ganges diria, "eu estou indo para o oceano", e o Narmada também diria: "eu estou indo para o oceano."

Você vai dizer que um deles deve estar errado. Ambos podem estar errados, mas como ambos podem estar certos? Criaria uma grande discussão.



E não há maneira de resolver essa discussão em pé no meio de um cruzamento na estrada. A pessoa tem que ir para o oceano para ver. Mas se você for você saberá que o Ganges, que corre para o leste, atinge o oceano, e o Narmada, que flui para o oeste, também atinge o oceano.

O oceano é um - como o oceano pode ser do leste ou do oeste? Você pode dar-lhe nomes diferentes, você pode chamá-lo de Mar da Arábia ou de Baía de Bengala, mas não faz qualquer diferença, o oceano é um e todos os rios chegam a ele.

A função da culpa




Assisti um documentário que se tratava de uma pesquisa com pessoas denominadas serial killers ou matadores em série.

Uma das coisas que me chamou muito a atenção é o fato de que a maioria deles não se sentia culpado por ter matado ninguém. Prosseguiam as suas atividades normais sem nenhum remorso ou consciência do que haviam feito.




domingo, 22 de setembro de 2013

Zorba, o Buda



Amado Mestre,
Às vezes, quando ouço você falar, eu visualizo uma vida tipo da de Zorba, o Grego – comer, beber e divertir-se – sensual e apaixonadamente, e eu acho que este é o caminho.

Outras vezes sinto que você está dizendo que o caminho é sentar silenciosamente, atento e imóvel, como um monge. Então, o que devemos ser – Zorbas ou monges – como é possível ser os dois?

Eu sinto que você conseguiu integrar as contradições, mas podemos ser ambos: Zorbas, movidos pela paixão e pelo desejo, e Budas, desapaixonados, calmos e tranquilos.



O que é a Escola de Mistérios (Osho) - por Prashanto

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Resgatando o Poder Pessoal



Muitas coisas estão se tornando claras e mudanças significativas estão acontecendo, mostrando como eu estava presa e limitada em alguns pontos e... pior do que estar presa, é que, às vezes, o que nos prende é algo tão sutil que nem temos consciência disso e, portanto, não fazemos nenhum esforço para mudar naquele ponto.




Essa semana outra coisa forte aconteceu, ainda relacionada à arrumação dos meus armários... Dessa vez, com quase tudo já fora do lugar e organizado em caixas de papelão, que levei para a garagem e já coloquei no meu carro para entregar em um local que distribui para quem necessita.

Claro que em alguns momentos me vi tentada a voltar com alguma coisa para o armário, coisa que às vezes nem cheguei a usar e que gostava muito e pensava comigo: "um dia vou usar isso..." e quando ia guardar uma voz me falava: "Mas alguém pode estar precisando justamente disso, agora, no presente". E isso me fez decidir muitas vezes com leveza, e até preparei alguns presentinhos como bijuterias e outras coisas novas, em caixinhas... imaginando que alguém poderia receber aquilo e ficar feliz... Fiz isso sempre com Amor, fazendo Ho'oponopono, e tudo foi fluindo.

Como Lidar Com os Pensamentos Negativos






Recebi um amigo em casa que estava passando por sérios conflitos emocionais. Sabendo do meu trabalho, ele me procurou para ajudá-lo.







quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Está Com Raiva? Bata no Travesseiro!





A raiva é apenas um vômito mental. Algo que você ingeriu está errado, e todo o seu ser psíquico quer colocar para fora.






sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Meditação Para Transformar o Medo em Amor



Pode te sentar em sua cadeira ou em qualquer postura que se sinta cômodo. Depois, pondo as mãos em seu regaço (estando sentado é o colo), coloca a mão direita debaixo da mão esquerda.




A Diferença entre Aceitação e Conformismo







Existe uma diferença fundamental entre ter um sentimento de aceitação e ser uma pessoa acomodada ou conformada que não move uma palha para mudar.







Que o presente possa nos acalentar...





Semana passada, quando contei aqui sobre a última arrumação que fiz no armário, ou melhor, que estou fazendo porque dessa vez tomei a decisão de não guardar nada lá por não saber o que fazer... me mostrou muitas coisas sobre mim que pareciam coisas sem importância... mas que, sob um olhar mais aprofundado, se revelaram pontos onde me limito e prendo.






Enquanto estou nesse processo de arrumar meus armários pude ver como na minha vida também adio muitas vezes a tomada de decisão e, hoje... antes mesmo de me levantar, percebi mais precisamente, que isso se dá quando envolve outras pessoas... quando uma decisão minha afeta outras pessoas.

Vi que tenho um medo grande ligado ao fato de ter que tomar decisões que afetem outros...
Claro que sei que todas as nossas decisões afetam o todo de uma forma ou outra, mas percebi um medo inconsciente que poderia vir de algum trauma passado...

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Abra Mão do Controle e Seja Feliz!






Se você perguntar pra maioria das pessoas, elas não vão achar que são controladoras. Mas a necessidade de controlar está tão enraizada no nosso comportamento que achamos normal e não a enxergamos.







O Significado de Discípulo


A palavra ‘disciplina’ é bela. Ela vem da mesma raiz da palavra “discípulo’. ‘Disciplina’ significa capacidade de aprender, capacidade de saber. Mas você não pode saber, você não pode aprender, a não ser que você tenha atingido a capacidade de ser.


Quando Amigos Lhe Derem Conselhos, Ouça Atentamente






"Uma das coisas mais importantes a serem aprendidas é ouvir.







quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Reconhecer as Próprias Necessidades Para Tornar-se Altruísta






Quando me pego cansada demais, procuro rebobinar as memórias dos meus últimos dias e me responder: Em que momento abandonei as minhas necessidades básicas? Básico não quer dizer o mínimo de que necessitamos, mas sim o que é essencial para mantermos nosso equilíbrio.







terça-feira, 10 de setembro de 2013

Lei do Vácuo Para a Prosperidade







Tem-se ouvido dizer que a natureza abomina de um vácuo. Isso é particularmente verdade no reino da prosperidade.







A Culpa o Faz se Sentir Inferior




Muitas vezes as pessoas lhe dão mensagens negativas, pois essa é a forma mais fácil de manipulá-lo. Se alguém está tentando conseguir alguma coisa procurando fazê-lo se sentir culpado, pergunte-se: "O que ele quer? Por que está agindo assim"?




segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Torne-se Leve




Quando estiver sentado, apenas sinta que você ficou leve, não há nenhum peso. Você irá sentir que em algum lugar ou outro existe peso, mas continue sentindo a ausência de peso. Isso vem.






domingo, 8 de setembro de 2013

Você se ama de verdade?




O ser humano nasce com uma enorme capacidade de amar. Ele sente quem são os pais pelo cheiro e pelo som da voz, é capaz de identificar situações de rejeição e desamor desde o ventre materno, mas é na formação da personalidade que o desenvolvimento do amor se consolida de inúmeras formas.




Existe o amor intenso e desprovido de qualquer intensão, existe o amor como forma de obter o que se deseja, existe o amor egoísta que deseja que o outro seja somente seu. Em qual tipo de amor você se encaixa quando falamos do amor que temos para conosco mesmo? Somos, sem dúvida nenhuma, nossos piores inimigos.

Por vezes, não acreditamos em nós mesmos, não nos valorizamos, não nos respeitamos, consideramos a nós mesmos como algo dispensável na vida de outras pessoas e, no momento seguinte, desejamos receber do outro exatamente o contrário do que emanamos e isto é completamente impossível. Você recebe sempre o que emana!

O espaço da felicidade...



De tempos em tempos, volto a aprender alguma coisa com a arrumação dos armários... e, dessa vez, não foi diferente. Quando resolvi tirar tudo do lugar para me desfazer de algumas coisas que guardo, assim meio por guardar, surpreendi-me com uma percepção que tive que veio acompanhada de um sentimento de não dar conta...



Percebi que acumulava muita coisa porque não sabia o que fazer com elas e que, chegou a um ponto, onde meu armário estava abarrotado de coisas que guardava para adiar uma tomada de decisão. Claro que isso bateu mais profundo e me revelou coisas que não eram ainda tão claras para mim como se tornaram a partir de então...

Naquelas partes de cima, onde a gente guarda o que não usa... e que acaba se esquecendo que um dia guardou... encontrei coisas das quais nem me lembrava que tinha, mas, ao me deparar com algumas delas, percebi que tinha uma certa dificuldade de me desapegar e de resolver o que fazer com elas.... algo aparentemente simples, mas que me causava um incômodo e uma falta de energia. Me lembrei que, de outras vezes, preferi adiar a decisão e deixá-las mais um pouco guardadas...

Agora, não adianta chorar!



É verdade que cada um tem o seu tempo para aprender e perceber certos detalhes da vida e dos encontros. Mas fico intrigada com o comportamento de algumas pessoas que, dia após dia, veem-se diante de situações absolutamente constrangedoras e decepcionantes por conta da dinâmica estabelecida num determinado relacionamento e, mesmo assim, nada fazem para mudar!




Reclamam, acusam o outro, lamentam-se da pouca sorte, doem e até se desesperam, mas continuam exatamente onde estão, fazendo exatamente o que vêm fazendo e exatamente do mesmo jeito. Fico me perguntando: o que será que elas esperam que mude? O mundo? O outro? Os resultados? As consequências? A sorte? O vento? O que???

Ok, cada um também tem o direito de querer o que bem entender. E o desejo de alguém é algo que realmente não se discute! Mas, convenhamos! Quem quer viver algo novo, precisa fazer algo novo! Quem deseja viver algo diferente, tem de ter uma atitude diferente! É quase matemático, tão óbvio e tão simples que provoca dúvidas a ponto de paralisar e enganar tais pessoas.

sábado, 7 de setembro de 2013

Como Aliviar a Pressão Interna Via Meditação




Segundo o budismo tibetano, existem duas formas primárias de sofrimento: o sofrimento intrínseco à vida humana e o sofrimento causado pelas tentativas de fugir dele.

A pressão interna é uma expressão deste segundo tipo de sofrimento. Ela aumenta ao passo que tentamos não nos conscientizarmos do sofrimento que já está presente em nossa mente. A chave para liberar a pressão interna consiste, portanto, em tornarmo-nos atentos e curiosos em relação ao confronto conosco mesmos.





terça-feira, 3 de setembro de 2013

Osho Não é Um Filósofo




Para quem está se iniciando nas leituras do Osho, existe algo um pouco complicado para se explicar: Osho não é um filósofo nem um pensador.





segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Eu e Minha Sombra





Como tudo na vida, criar uma sombra é um processo. Ninguém procura aumentar o poder da sombra, mas todos nós o faze­mos.





O primeiro passo para mudar é querer




Sim, eu quero! Quero a felicidade, quero a paz, quero a conexão plena com o Divino, quero equilíbrio pessoal e serenidade, quero confiança e entrega, quero um relacionamento pleno, quero prosperidade, quero saúde... posso querer muitas e muitas coisas, mas a não realização delas pode trazer sofrimento, decepção e doença.






Viver em plenitude é algo que requer empenho e desafio pessoal de crescimento, e o primeiro passo só pode ser dado por você. O querer aqui tem que ser de alma, tem que ser carregado de toda convicção que um dia sentiu em sua vida. É acordar um dia e dizer: essa doença não me pertence eu não nasci com ela... e se livrar dela! É decidir que um relacionamento não lhe faz bem e partir para novos caminhos e ter firmeza de propósito para dizer: esse emprego não me merece, vou procurar outro e com todo meu poder pessoal vou encontrá-lo e mudar.

Viver assim é estar livre de amarras, é decretar o que de fato deseja para sua vida e encontrar o caminho que te leve a felicidade.